Morte de ciclista atropelado motiva protesto em Aracaju

Em protesto contra os constantes acidentes envolvendo ciclistas, será fixada nesta segunda-feira (08), na avenida Avenida Inácio Barbosa, na rodovia estadual SE-100, no Bairro Aruana em Aracaju (SE), uma Ghost Bike. O protesto, organizado pela ONG Ciclo Urbano, acontece em decorrência da morte de um ciclista na capital, na última segunda-feira.
O vigilante José Ramos de Jesus, 58 anos morreu atropelado por um carro de passeio conduzido pelo jovem Danilo Marinho, na manhã do dia 1º de maio, em Aracaju. O ciclista voltava do trabalho para sua residência, na Barra dos Coqueiros, quando o veículo se chocou contra sua bicicleta, arremessando-o a mais de 20 metros. O vigilante faleceu ainda no local.
O evento é aberto a participação de toda a sociedade. A concentração dos ciclistas acontecerá no Calçadão da 13 de Julho, a partir 19h30, e seguirá ao local do acidente, onde será instalada a Ghost Bike.
Ghost bikes
Uma Ghost Bike é uma ação de protesto que ocorre em todo o mundo onde a bicicleta é colocada no local onde um ciclista é assassinado por um veículo motorizado. Em geral, uma ghost bikes é uma bicicleta velha pintada de branco e presa em algum objeto próximo ao local do acidente. Na maioria dos casos uma placa é presa a bicicleta com o nome do ciclista morto e a data do acidente.

Fonte: a8se.com